segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Pareceram poucos dias pelo tanto que a amava!

Ele traçou uma meta, mirou no alvo e partiu em direção ao que seu coração desejava. 
O tempo? Foi irrelevante.
Depois, após casar-se com Raquel, ainda teve de trabalhar mais sete anos para seu sogro, como parte do acordo, num total de 14 anos.
E o texto bíblico diz que esse looooongo tempo ainda “lhe pareceram poucos dias”.  
Extraordinário!
E aqui, pare para pensar: nós mal conseguimos esperar com paciência dez minutos por um ônibus, ao passo que aquele homem esperou sete anos para ter o que queria. Sete anos! Sete longos anos. 2.555 dias. 
E depois ainda trabalhou outros sete, para honrar seu acordo com seu sogro. 
Que exemplo de paciência bem recompensada! 
Que modelo fantástico a ser seguido!

Trechos do blog:
http://apenas1.wordpress.com/2011/10/30/esperei-com-impaciencia-no-senhor/

Um comentário:

  1. O amor verdadeiro é assim, paciente.
    Beijos Grillo.

    ResponderExcluir